Elon Musk revela que Twitter estava ‘controlado’ pela esquerda

O empresário Elon Musk, que recentemente adquiriu o Twitter, disse na segunda-feira 9 que a plataforma de mídia social tem um viés de esquerda “forte”.

A declaração foi dada em resposta à postagem do influenciador Mike Cernovich, que criticou a jornalista Caroline Reilly, do Rewire News Group. No domingo 8, a jornalista celebrou os casos de vandalismo contra a sede de um grupo pró-vida.

“Mais disso. Que essas pessoas nunca tenham um momento de paz ou segurança até apodrecerem no chão”, escreveu na rede social ao compartilhar uma reportagem do jornal The New York Times. Logo depois, Reilly apagou o post.

O influenciador Mike Cernovich compartilhou a postagem e marcou o novo dono do Twitter.

“Aqui está @elonmusk quando os funcionários do Twitter invariavelmente mentem para você sobre o cumprimento da política, talvez eles possam explicar por que uma conta verificada pode incitar o terrorismo sem qualquer cuidado no mundo sem ser banido”, publicou Cernovich.

Ao responder a publicação, Musk escreveu: “O Twitter obviamente tem um forte viés de esquerda.”